Segunda-feira :: 26 / 06 / 2017

Además Notícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DEL SITIO

Requisitos para ingresso no Ensino Superior brasileiro


 
graduação
 

 

Para ingressar em qualquer uma das universidades brasileiras é preciso ter concluído o Ensino Médio, além de ter sido aprovado em seu respectivo processo seletivo. Não há restrição alguma em relação à idade dos candidatos. Aos menores de 18 anos, no entanto, é exigida a presença do responsável legal no ato da matrícula.

 

O acesso aos vestibulares não é restritivo. Qualquer candidato poderá se inscrever e fazer as provas, inclusive os popularmente conhecidos como treineiros (aqueles que ainda não concluíram o terceiro ano do Ensino Médio, mas que já estão se preparando para a maratona de exames). Mas, se o aluno aprovado não preencher os pré-requisitos mínimos estabelecidos pela legislação brasileira será barrado na matrícula e perderá automaticamente à vaga para ingresso na instituição.

 

No ato da matrícula, em geral, são cobrados os seguintes documentos: certificado de conclusão do Ensino Médio; histórico escolar do Ensino Médio; documento de identidade; CPF; foto 3x4 recente; título de eleitor com os respectivos comprovantes de voto; e atestado de reservista.

 

Embora as regras sejam válidas para todos os cursos superiores, bem como para todos os tipos de instituições, há algumas particularidades que variam de acordo com os programas que viabilizam o acesso dos estudantes ao Ensino Superior. Conheça as opções e seus pré-requisitos:

 

sisuSiSU (Sistema de Seleção Unificada)
Gerenciado pelo Ministério da Educação, o sistema integra o processo seletivo de diversas instituições de Ensino Superior públicas. Na última edição, foram oferecidas 83.125 vagas em 39 universidades federais, 38 institutos federais, seis instituições estaduais e na Ence (Escola Nacional de Ciências Estatísticas), ligada ao IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
Requisitos: Todos os candidatos devem ter realizado o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Há algumas instituições que estipulam notas mínimas no exame.
Inscrições: São realizadas duas vezes por ano. Geralmente em janeiro, para as vagas referentes ao primeiro semestre, e em julho, para as vagas referentes ao segundo semestre.
Acesse o site oficial do SiSu

 

 prouniProUni (Programa Universidade para Todos)
Programa do Ministério da Educação que oferece bolsas integrais e parciais (no valor de 50% da mensalidade) para estudantes regularmente matriculados em instituições de ensino Superior particulares. Requisitos: Enquanto os auxílios integrais beneficiam estudantes com renda familiar mensal per capita de até um salário-mínimo e meio, os parciais exigem ganho familiar mensal por pessoa de até três salários mínimos. Para participar da seleção, é obrigatória ainda a participação no ENEM.
Inscrições: São realizadas duas vezes por ano. Geralmente em janeiro, para as vagas referentes ao primeiro semestre, e em julho, para as vagas referentes ao segundo semestre.
Acesse o site oficial do ProUni

 

fies Fies (Financiamento Estudantil)
A iniciativa do governo federal financia os estudos de alunos matriculados em cursos de graduação não-gratuitos. Há oportunidades de financiamentos de 50% a 100% do valor da mensalidade, com taxas de juros de 3,5% ao ano e prazo de quitação da dívida em até três vezes o tempo do curso.
Requisitos: Os candidatos devem estar regularmente matriculados em cursos de graduação não-gratuitos, que tenham alcançado conceito maior ou igual a três no Sinais (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior), além de ter realizado o ENEM.
Inscrições: Podem ser realizadas durante todo o ano acadêmico.
Acesse o site oficial do FIES


Imprimir Imprimir Enviar a um amigo Enviar amigo PDF PDF

Partilhar: Delicious Digg Facebook Googlebookmarks Meneame Tecnorati Wikio Yahoo

Publicidade